(51) 3334-9738 | (51) 99323-0407 | (51) 3338-1170 | (51) 99647-5117


Próximo

A ADAPTAÇÃO: CHEGANDO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Home > Blog

O ingresso escolar é uma etapa crucial no desenvolvimento infantil. Sentimentos de medo, saudade e preocupação por parte dos pais são naturais nesse momento e dizem respeito à dificuldade de dar um passo tão importante em direção ao crescimento e autonomia dos pequenos. No entanto, a entrada do filho na escola pode ser vivenciada de forma tranquila e saudável tanto para a criança quanto para os pais. Para que isso aconteça é necessário que haja um período de adaptação escolar, que varia dependendo da idade e das necessidades de cada novo aluno e de sua família.

Cada criança irá vivenciar este processo de forma completamente singular, dependendo do seu temperamento, características individuais, de suas vivências e experiências anteriores. Para algumas crianças, iniciar na escolinha ou mudar de escola representa uma oportunidade de conhecer novos amigos, de brincar em um lugar novo, conhecer coisas novas. Para outras, a separação dos pais ou cuidadores é sentida de forma mais penosa, e requer um pouco mais de tempo para que ela sinta a escola como um espaço seguro, gostoso e divertido para ela ficar. Dessa forma, é preciso compreender o momento de cada criança para ajudá-la da melhor forma a não só se adaptar, mas gostar de estar na escola!

O período de adaptação requer a disponibilidade dos pais ou de um responsável por aproximadamente uma semana, na qual a criança permanecerá na escola por aproximadamente 1h por dia, aumentando o tempo de permanência com o passar dos dias. As adaptações costumam iniciar nas segundas-feiras, pois assim tem-se a semana inteira para começar a estabelecer um vínculo entre a criança, os colegas e as professoras/educadoras. O horário é combinado caso a caso com os responsáveis, considerando-se o turno no qual a criança frequentará a escola.

Para os bebês de até 12 meses, a adaptação é mais direcionada aos pais do que à criança propriamente dita. Geralmente são eles que sofrem mais com a separação e que necessitam de mais respaldo da equipe escolar para sentirem-se tranquilos nessa nova etapa. Os bebês podem estranhar as mudanças, mas tendem a acostumar-se com pessoas e situações novas, principalmente quando encontram um cuidador atento e amoroso.

Dos 12 meses aos 2 anos e meio, aproximadamente, pode tornar-se mais penosa para a criança a separação dos pais ou responsáveis na entrada da escola, considerando que estes ainda não conseguem compreender que os pais continuam existindo, apesar da sua ausência. Assim, nos primeiros dias, sentindo-se muito apreensiva, esta poderá recorrer aos pais para tranquilizar-se. Aos poucos, a criança vai envolvendo-se na rotina escolar, nas trocas com os novos coleguinhas e os pais podem gradualmente diminuir a espera do lado de fora da sala.

É sempre importante que os pais conversem com o filho, expliquem como será a nova rotina e estimulem a criança para o ingresso no mundo escolar. A forma como os pais estão lidando com este momento tem um importante impacto sobre a criança, que se sente mais segura e confiante quando percebe que os pais se sentem da mesma forma ao levá-la para escola.

Precisamos lembrar que cada criança tem o seu tempo! Considerar a singularidade de cada um e estar atento às suas necessidades é primordial e requer muito diálogo, compreensão e paciência. Esperamos que neste início de ano possamos acolhê-los com todo o cuidado e carinho!

Raquel Schwartz Henkin
                              Psicóloga











Sobre



História Missão e Valores Equipe Diretiva

Ensino



Educação Infantil Ensino Fundamental I Ensino Fundamental II

Redes Sociais


  

Contato


Av. Circular, 699 e 734, Vila Jardim, Porto Alegre, RS

contatokinderland@gmail.com


(51) 3334-9738
(51) 99323-0407
(51) 3338-1170
(51) 99647-5117
Todos os direitos reservados. 2017 Desenvolvido por